quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Como o Homem pode receber a Aprovação Divina em sua Vida?

Editorial edição nº 1508 janeiro de 2011
Meditemos no texto de Romanos 16.10, onde o apóstolo Paulo faz a seguinte recomendação aos seus destinatários: “Saudai a Apeles, aprovado em Cristo”. Quero destacar que não se encontra no Novo Testamento e em nenhuma outra carta escrita por Paulo alguma referência a este homem. Por outro lado, pergunto se existe a necessidade de escrever algo mais diante de uma declaração tão clara como esta: “Aprovado em Cristo”.

Pense de uma maneira mais minuciosa como alguém pode se tornar aprovado em Cristo. Como o homem pode receber do Senhor a aprovação divina em sua vida?

Quando Paulo escreve a Timóteo, ele exorta seu filho na fé a que se apresentasse como obreiro aprovado no conceito moral (I Tm 4.12; II Tm 2.15). Essa exortação nos fala do dever de estarmos sempre vigilantes. Se queremos ser aprovados em Cristo, devemos ser vigilantes.

Quando lemos a Palavra de Deus, encontramos uma recomendação especial sobre a nossa vida espiritual em Marcos capítulo 13, onde os seguidores de Jesus escutam de seu Mestre as seguintes palavras: “Olhai, vigiai, e orai, mas outra vez vos digo vigiai”. A vigilância, prezado leitor, é indispensável em nossa vida.

Não podemos esquecer que, no momento em que nos convertemos, recebemos do Senhor uma nova natureza. Esse foi justamente o tema exposto por Jesus a Nicodemos, quando este O procurou a fim de elucidar as suas dúvidas com relação ao Reino de Deus (Jo 3). Por outro lado, não podemos esquecer que a velha natureza ainda vive em nós, mas ela deve estar crucificada com Cristo, deve estar subjugada à nossa vida espiritual. Mas, para que isso aconteça, é de fundamental importância estarmos vigilantes para se obter sucesso.

Também não devemos esquecer a importância de ler as Sagradas Escrituras, de dar ao Livro Santo o devido valor como Palavra de Deus, se queremos ser aprovados em Cristo. Procure conhecer o conteúdo do Livro de Deus, mergulhe na unção de Deus e peça a Ele que abra a sua mente para que o seu intelecto seja tocado por Deus e assim descobrir e entender os seus mistérios.

Devemos perceber que a Bíblia não revela somente a graça e a justiça, mas também o amor de Deus. Eu gosto muito do livro do Apocalipse, e sabe por quê? Os evangelhos mostram um Jesus sofrido, espancado e preso; mas, no último livro da Bíblia, eu posso contemplar o Senhor Jesus Cristo com vestes santas, rosto brilhando, Seu cabelo branco como a lã, os Seus olhos como chamas de fogo, Seus pés como latão reluzente. Este é o nosso Jesus.

José Wellington Bezerra da Costa é presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil
Mensageiro da Paz, Número 1508, Janeiro de 2011, CPAD

Um comentário:

  1. Graça e paz, sempre!

    Passei por aqui para conhecer seu blog.
    Estou procurando bons blogs para compartilhar.

    Já estou te seguindo.

    Ficaria muito feliz se puder visitar O REINO EM NÓS.
    Se quiser me seguir também será um prazer para mim.

    Abraço em Cristo,

    Sandro
    http://oreinoemnos.blogspot.com/
    Te espero lá.

    ResponderExcluir