sábado, 23 de julho de 2011

Globo ridiculariza pastor

A Rede Globo atacou os pastores em uma de suas novelas. No capítulo de Insensato coração, exibido na última segunda-feira (22/7), o personagem gay Xicão (Wendell Bendelack) conta para Sueli (Louise Cardoso), dona de um bar voltado para o público homossexual, que o pai e a mãe dele o destratam porque “vão na conversa do pastor”.


Essa cena tenta ridicularizar os líderes evangélicos e, de forma sutil, passa a mensagem de que os pastores incitam a violência contra os homossexuais, o que não é verdade. “Amamos os gays, mas não aprovamos a prática homossexual”, pontua o pastor Silas Malafaia, que enviou uma carta de protesto a um dos donos da emissora.


Manifeste-se também! Ligue para 400 22 884 (custo de uma ligação local) ou clique aqui e envie um e-mail para a Central de Atendimento da Rede Globo.


O vídeo estava disponível na internet, mas foi retirado do ar.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Em Santa Luzia

Domingo do Amigo

A Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Santa Luzia do Cariri-PB realizou no ultimo dia 17 de Julho o Domingo do Amigo. Na oportunidade a Banda Apocalipse de Sumé-PB e o cantor Sílvio Rogério de Monteiro-PB com forte unção profética ministraram a adoração a Deus. Já o diácono João Guimarães de Boa Vista-PB com muita graça e autoridade trouxe uma mensagem extremamente profunda e atual para o momento que a Igreja esta vivendo. No entanto o ápice mais uma vez foi a presença latente do Espírito Santo. De acordo com o pastor da AD em santa Luzia do Cariri o homem de Deus Claudiomiro De La Vega o saldo do evento foi extremamente positivo pois são momentos como este que solidificam a presença da Igreja de Cristo no contexto da sociedade em que ela esta inserida.

domingo, 10 de julho de 2011

Pastor Daniel Nunes vence eleição...

Na tarde de hoje, pastores, evangelistas e presbíteros de Campina Grande e obreiros filiados a COMEAD-CGPB decidiram o novo presidente do Campo de Campina Grande. Os candidatos à presidência eram o Pastor Emídio (Filho do Saudoso Pr. Pacheco) e o Pastor Daniel Nunes. De forma democrática os obreiros elegeram e deram o voto de confiança, em sua maioria, ao Pastor Daniel Nunes, que pela primeira vez assume o posto de Pastor Presidente. Foi uma vitória histórica. Com 70,3% dos votos válidos,  Pr. Daniel Nunes vence a eleição para presidente da Assembleia de Deus em Campina Grande e no Estado da Paraíba! E é aclamado com louvor durante Assembleia Geral realizada na noite deste domingo (10.07.11). Que o Senhor Jesus derrame a sua graça e dê total capacitação e ajuda divina para que o Pastor Daniel possa obter uma boa administração, sempre velando pelo bem-estar da Obra de Deus. Mudanças no estatuto da COMEADO-CGPB poderão vir, como já foi predito pelo pastor Daniel, como a retirada da presidência sob governo vitalício, com a proposta de 5 anos de mandato, entre outras.
Por Italo Batista

sexta-feira, 8 de julho de 2011

PR. DANIEL NUNES HOMOLOGA CANDIDATURA A PRESIDENTE DA AD CAMPINA GRANDE




O pastor Daniel Nunes da Silva homologou na tarde de ontem a sua candidatura a presidente da Assembleia de Deus no Campo de Campina Grande. O anúncio foi feito após o pastor entregar sua carta de renúncia do cargo de 2° secretário da COMEAD-CGPB ao presidente em exercício, Pr. Emídio Barbosa.No próximo domingo, dia 10, será realizada a eleição para a escolha do novo presidente do Campo. O pleito terá inicio as 14h e poderao votar pastores, evangelistas e presbiteros da cidade de Campina Grande, além de obreiros que dirigem Assembleias de Deus filiadas a COMEAD-CGPB. Antes da eleição, o pastor Daniel apresentará suas propostas aos obreiros presentes. Confira, na íntegra, a carta do Pr. Daniel endereçada aos pastores, evangelistas e presbíteros do campo de Campina Grande, pedindo adesão e apoio a sua candidatura.


Ilustríssimos Senhores pastores, evangelistas e presbíteros, vos saúdo com a paz do Senhor. Nessa correspondência, todos terão uma parte da carta que enviei ao presidente em Exercício, homologando assim a minha candidatura a Presidente do Campo de Campina Grande. Ao mesmo tempo lhes coloco em mãos o minha historia de vida pastoral e pessoal, para que seja avaliada por todos os Senhores. Os campos que passei. Pelas lutas em pequenos campos, sendo talhado na escola do Mestre da Galiléia, para poder enfrentar grandes desafios. Vocês verão que tive seis anos de experiências missionárias, me fazendo conhecedor das necessidades dos homens que saem para as missões estrangeiras. Sendo assim, PEÇO SEU VOTO, PARA QUE JUNTOS POSSAMOS CONTINUAR RUMO AO CRESCIMENTO DO REINO DE DEUS. Contem sempre com o meu irrestrito apoio, em oração e ação.
Digo aos amados que quero ser justo em minhas decisões, e, não pensar uma coisa e agir de modo diferente de meus pensamentos, e, nem ir de encontro com minhas convicções e revelações de Deus para minha vida. E também, por ouvir inúmeras cobranças de pastores, que estão ansiosos pelo processo democrático na escolha do novo pastor presidente, decidi pastor Emidio, com muita humildade e respeito a sua pessoa. Más, como sei que qualquer um de nós pode participar desse pleito, estou colocando o meu nome como candidato a presidente, e retirando o meu apoio ao seu nome.(Parte da carta)
Passou a estar com o Senhor nosso pai e pastor Francisco Pacheco de Brito, que para mim, não morreu apenas um homem, mas, apagou uma luz, um norte, um rumo em nossas vidas ministerial. Luz de simpatia, calor humano, respeito ao próximo, vida santa, espiritualidade embasada na Palavra, etc. Homem pelo qual guardei e guardarei profundo respeito e admiração. Más, daqui para frente temos que tomar decisões, e para isso valeremos de seu exemplo de coragem, mesmo nos momentos mais difíceis de sua vida. Teve coragem de enfrentar, muitas vezes sozinho, más não se acovardou, pois era, não apenas um homem, mais um homem chamado por Deus. (Parte da carta)
Não faço isso com arrogância, Deus o sabe. Faço isso, até para salvaguardar a democracia que deve permear em nosso meio. Para que ninguém venha dizer que a Diretoria da igreja Central e a Mesa Diretora empurraram de goela abaixo o nome de apenas um candidato. O pastor que sair vitorioso desse pleito será o escolhido pela maioria dos pastores, evangelistas e presbíteros, e, será aceito por todos. Sairei de cabeça erguida, mesmo que seja derrotado no voto, pois cumpri o papel democrático e favoreci o direito da democracia a todos meus companheiros, e, passarei para a história, como aquele que abriu esse processo democrático em nosso Campo de Campina Grande. (Parte da Carta)
Um grande abraço a todos, desejando que continuemos fortes, como foi forte nosso eterno presidente, pastor Francisco Pacheco de Brito.
Campina Grande, 07 de julho de 2011
Atenciosamente
Pr Daniel Nunes da Silva
Candidato a Presidência do Campo de Campina Grande

sábado, 2 de julho de 2011